Restaurantes



Sua saúde agradece

Você sabia?

As pessoas que comem peixe e marisco com regularidade são mais saudáveis. Está comprovado. O consumo de peixe impede o desenvolvimento de condições crônicas que debilitam a saúde com o avanço da idade. O peixe por si só não pode evitar que a doença se instale, mas pode atrasar o avanço de certas condições ou torná-las menos prováveis e menos graves.

Natural

O mercúrio é um elemento contaminante que, normalmente, se encontra presente em pequenas quantidades em todos os peixes e moluscos. O mercúrio em excesso pode ser prejudicial para as grávidas e para as crianças, as quais deverão evitar o consumo de espécies com elevados níveis de mercúrio (tubarão , peixe-espada, cavala e lofolátilo).

Consumir espécies variadas reduz a hipótese de ingerir demasiado mercúrio. Felizmente, testes recentes demonstram que o salmão, o bacalhau e o escamudo do Alasca se encontram entre os peixes com níveis de mercúrio mais baixos. Estes peixes podem ser consumidos por todos sem qualquer apreensão.

O peixe é um dos elementos mais importantes para uma alimentação saudável.

Os contaminantes orgânicos como os PCBs, as dioxinas e os pesticidas residuais encontram-se geralmente em quantidades muito baixas na maior parte do peixe de venda

 

comercial. O atual consumo destes contaminantes, em consequência da sua presença no peixe e nos moluscos disponíveis no mercado, não se tem relacionado com riscos de saúde.

Natural

Os especialistas estão de acordo: consumir peixe traz inúmeros benefícios para a saúde que ultrapassam de longe qualquer tipo de risco.

Não se esqueça, Ômega-3 é seu aliado.

Dentre suas inúmeras qualidades, o Ômega-3 presente nos peixes previne doenças cardiovasculares e é um excelente remédio para o cérebro. Isso porque estimula a produção de novos neurônios, participa do desenvolvimento e da manutenção do sistema nervoso e serve de matéria-prima para a produção de substâncias protetoras do cérebro.

Além do mais, ele ajuda a combater a osteoporose, pois tem células que produzem e depositam material ósseo, os osteoblastos, e células que reabsorvem o material velho, os osteoclasto.

O Ômega-3 auxilia ainda na manutenção de níveis saudáveis de triglicerídeos, desde que associado a uma alimentação equilibrada e hábitos saudáveis.

Alaska na mesa. Saúde pra todos.